Menu

Marketing – Precisamos perder a mania de negar o óbvio

3_monkeys

Muitos ainda trabalham com o conceito de marketing de massa, mas sabemos que a cada dia isso fica mais e mais prara trás. Precisamos nos adaptar aos novos canais que surgem com a velocidade em que a tecnologia avança. O que ocorre hoje então é uma hipersegmentação em todas as áreas. Quer quem esteja falando sobre topografia ou reprodução de rinocerontes ? Com certeza você vai achar ! Isso dá ao profissional de marketing uma visão muito diferente de apenas alguns anos atrás, hoje mais do que nunca, fazer arketing é comunicar assertivamente, para a pessoa certa, na hora certa, pelo canal certo, com a mensagem certa.

Por mais que seu produto seja genérico como um celular você não precisa falar com todo mundo ao mesmo tempo e de uma vez só. Simplesmente porque é óbvio que todo mundo não quer a mesma coisa ao mesmo tempo. É preciso, além de programar campanhas para aquele tipo de cliente, comunicar-se com o cliente considerando o relacionamento e histórico dele com a empresa. Hoje, já existe tecnologia para acompanhar estes dados então porque não, personalizar a comunicação ?

Se eu sei que um cliente comprou uma TV, uma geladeira ou um fogão, eu devo “ataca-lo” oferecendo qualquer produto que não seja TV, nem geladeira, nem fogão. Isso é óbvio! Estamos então viciados em negar o óbvio, e muitas empresas seguem perdendo vendas e mais vendas porque insistem em seguir oferecendo a geladeira que o cliente comprou o mesmo produto há seis meses.  É fundamental então usar o canal adequado mas sempre com estratégia. Não é possível continuar com as mesmas práticas de cinco ou, até mesmo, 50 anos atrás como algumas empresas continuam fazendo.

Outro óbvio que passa desapercebido em muitas agências, é não socialmediacoordenar os canais de marketing para que eles funcionem de uma maneira que faça sentido para o cliente. Aqui na Accelera Vendas, o foco do investimento segue três pontos: (1) tecnologia, (2) serviços estratégicos especializados e (3) a própria equioe do cliente. Mas… Qual GPS usar neste ou naquele mercado? A resposta é : EXPERIMENTE SEMPRE ! Pois ao não experimentar (leia-se “ao não se permitir espaço para errar”), as marcas deixam um campo fértil disponível para que novos jogadores surjam e ocupem este espaço.

Sempre ouvi que 50% do que se gasta com marketing vai para o lixo, mas o interessante que desafia o profissional é descobrir quais são estes 50%.  Com o marketing orientado a dados (data driven marketing), o marketing por base de dados (data base marketing), o big data e a mídia programática, há uma coalizão de tendências que torna o investimento em marketing cada vez mais eficaz. Isso permite às empresas escolher quais clientes vão ver sua mensagem,  por qual canal e em qual momento. Isto significa parar de jogar dinheiro fora e começar a aumentar a margem de lucro, pois a mídia passa a ser orientada de forma mais assertiva.

Hoje dispomos de milhares de grupos de interesse em redes cada vez mais diferentes entre si, sejam mais privadas em forma de grupos como o whatsapp ou extremamente píblicas como o Linkedin ou facebook, a Accelera Vendas, procura estes canais de acordo com nicho do cliente, e fala periodicamente de forma não cansativa e interessante com esse cliente potencial, oferecendo conteúdo interessante, na linguagem adequada de acordo com faixa etária, gênero, comportamentos, etc. para que esse cliente potencial possa crescer profissionalmente ou até se divertir com um ou outro post mais descontraído. Tudo isso, forma a desejada imagem da empresa, e é isso que a Accelera Vendas faz, torna a sua empresa mais interessante, sempre aparecendo nas mídias digitais e captando cada vez mais e mais admiradores.

Entendemos que este é o momento do marketing entender melhor as novas oportunidades geradas pela tecnologia. Momento de agir menos tradicionalmente e tentar mais coisas diferentes. Aqui a gente já entendeu que o óbvio, transformado em ações gera uma explosão de receita.