Menu

A importância da interação nas redes sociais

Maio 26, 2016 - Artigos

redes-sociais-720x375.jpg (720×375)

Quando você está lidando com a mídia social, uma das coisas mais importantes a considerar é a interação.

Interação é quando os seus leitores, público, fãs ou amigos respondem às suas atividades nas redes sociais. Isso acontece quando você posta algo que vale a pena comentar, cheio de valor, benéfico e útil, divertido e educativo ou, até mesmo, controverso.

Blogs
Os Blogs prosperam a partir de comentários. Esses comentários podem servir como um novo material, para que possa ser possível melhorar um próximo post, tornando-o mais atraente para os motores de busca e para os leitores. Os comentários também contribuem para a conversa, porque o leitor chega com novas ideias e conceitos que contribuam para o assunto ou fator de interesse.

Facebook
O Facebook trabalha com interação cada vez que você posta em seu perfil, ou, idealmente, no perfil de outra pessoa com um comentário. Quanto mais interação que você tem com seus amigos e fãs no Facebook, o mais provável é que você veja seus posts ou blog alimentarem os seus perfis. Se você não participa de muita interação em sites de redes sociais, os motores de busca considerem você como inativo.

Twitter
O Twitter é o mestre de interação! Isso se resume na interação com os seus seguidores conversando, comentando, retwitando, etc. Realmente, o Twitter não é um lugar ideal para se fazer negócios no velho sentido da palavra, trata-se de comunicar e interagir com os clientes.

O Twitter é um lugar para descobrir informações, aprender a partir de um feed do blog, ganhar a confiança e credibilidade por dar e partilhar, ter uma conversa com pessoas reais que respondem prontamente – em outras palavras, interagir.

Usar os sites de redes sociais para a interação exige compromisso para ajustar a sua interação com seus seguidores, amigos e fãs. Não é bom ter uma explosão fantástica, um dia, e depois esquecer-se de continuar nos próximos dias. Mesmo que seus seguidores te perdoem, os motores de busca e sites de redes sociais não vão.

(Fonte: Mirago)